Loading...

Artigos

Conceitos, tendências, idéias, um pouquinho de tudo que entra e sai da nossa caixola.

24 Ago

Por que a sua empresa precisa de um site para sobreviver no mercado?

24/08/17    
Você já se perguntou por que a sua empresa necessita de um site próprio?

Aqui eu listo pelo menos 5 benefícios de se ter um site, e o que ele pode trazer em termos de melhorias para o seu negócio.

Não deixe para amanhã, responda essa pergunta: “qual a marca de sucesso que não tem um site próprio na internet”?

Não importa qual o segmento, tamanho, quantidade de funcionários, ter um site próprio é ter presença digital mínima que a sua empresa precisa.
“Se o meu negócio é local. Por que ter um site se não vendo pela internet?”

Um site não tem um objetivo apenas, o de gerar vendas. Se fosse isto, todas as páginas da internet teriam o propósito de comercializar produtos e serviços. E não é bem assim que a coisa funciona.

Pensando localmente, seja você um escritório pequeno, salão de cabelereiros ou uma pizzaria, um site pode ser usado para atrair novos clientes e criar a oportunidade de se relacionar com eles.

O Google é amplamente pesquisado por usuários que buscam soluções e serviços para seus problemas. Então, se alguém procurar pelo seu segmento no local onde a sua empresa atua, há uma possibilidade que você apareça nesta pesquisa. Além do que, um site transmite mais autoridade para os robôs de busca do Google, passando uma maior credibilidade e imagem profissional ao usuário do que ter um mero resultado de endereço e telefone na internet.

O site pode funcionar como um primeiro canal de contato entre a sua empresa e o seu público. A chance que temos de causar uma primeira boa impressão é apenas uma, isso é fundamental para que este visitante possa vir a se tornar um futuro cliente.
“Se a minha empresa é pequena, por que preciso de um site?”

Se a sua empresa é pequena, este é o motivo primordial de se ter um site. Deste modo você terá condições de trabalhar uma estratégia de Marketing Digital para captar potenciais clientes, sendo uma excelente ferramenta para microempresas e startups, a investimentos mais interessantes e com melhores taxas de retorno, onde os resultados por ação são mais fáceis de serem mensurados. Esta é uma forma interessante e um diferencial para inserir a sua empresa no mercado, uma vez que fica difícil competir com empresas grandes e já consolidadas utilizando-se das mesmas táticas de marketing.
“Se já tenho uma página no Facebook, por que ter um site?”

Se a sua empresa já está no Facebook isso é muito bom, significa que a sua iniciativa foi positiva. Porém temos que levar em consideração que site e Facebook são canais distintos e um não substitui o outro.

Como que você irá trabalhar uma campanha de e-mail marketing sem ter um site com domínio próprio? Sem isso a sua campanha será absolutamente ineficaz, e realizar campanhas de e-mail marketing é a forma mais eficiente de relacionamento com os clientes e de geração de Leads.

Pense, para onde você irá direcionar os seus Leads (cadastro)? Melhor para o seu site ou para uma página de redes sociais? Fazendo uma rápida comparação, onde você gostaria de causar um boa impressão para fechar um negócio? Levando o cliente no seu escritório ou numa cafeteria?

Mídias sociais são excelentes canais de geração de tráfego e de engajamento. Temos que visualizar que devem ser utilizadas como um acréscimo à nossa estratégia de marketing digital, mas não como o principal canal.

Afinal, qual é a finalidade de se ter um site?


Talvez você ache isso óbvio, mas a quantidade de empresas hoje, que ainda estão nesse dilema, é grande.
 1 – Para que possa ser encontrada

A sua empresa pode ser a Top 10 no ramo que atua, ter o melhor atendimento, melhor produto, melhor serviço, tudo de altíssima qualidade. Mas do que adianta ter todo esse potencial se as pessoas não conhecem e não encontram a sua empresa?

Um site é o meio básico de se ter a sua presença on-line, a forma mais simples de poder ser encontrado na internet e no Google. O comportamento do consumidor mudou, hoje se pesquisa sobre produtos e serviços antes de se efetuar uma compra. É importante que você tenha um bom e otimizado site para que o primeiro resultado da pesquisa seja com o link para a sua página. Agora se a pesquisa for sobre o problema que seu cliente enfrenta, é importante que você tenha bons conteúdos e um bom blog para que sua empresa esteja à frente dos concorrentes.
2 – Mostrar a sua autoridade no mercado em que atua

Com um site a sua empresa possui muito mais artifícios para promover o seu produto ou serviço. Além do mais, por meio da criação de conteúdo você consegue provar para o seu futuro cliente que entende do assunto e que tem capacidade técnica para oferecer a solução dos problemas que enfrenta. É um diferencial bastante eficiente nessa tomada de decisão.

Numa rápida comparação, você tem duas empresas que fazem o mesmo serviço e que oferecem a mesma solução para o seu problema. Uma possui um site institucional informativo e a outra possui apenas uma fan page no Facebook. Qual empresa você contrataria para solucionar o seu problema?

O ponto aqui é que um site é muito mais personalizável e profissional do que um perfil social.
3 – Possibilidade na expansão do seu negócio

Necessitamos de um site para trabalharmos ações no meio digital. Para adquirir mais clientes, você precisa de mais Leads e para isso necessitamos de uma quantidade de visitas constantes na página. O site ajuda a atrair e direcionar os visitantes para dentro dos seus objetivos.
Na maioria dos casos, o site é o primeiro canal de contato. Trabalhando o Inbound Marketing conseguimos fazer com que esses clientes cheguem até você em vez de você ir atrás deles. É um processo de resultados a longo prazo mas que traz retorno.
4 – Melhorar ou criar um relacionamento com o seu público

A forma de consumo mudou desde que a internet se tornou presente no nosso dia a dia.

Os consumidores pesquisam soluções para os seus problemas antes de tomar qualquer decisão de compra. É neste ponto que entra o site da empresa.

Existem várias maneiras de manter um relacionamento com seu público em seu site. E todas elas funcionam muito bem:

  • Publicar posts no blog ou materiais relevantes sobre problemas que a audiência enfrenta
  • Responder comentários das pessoas em posts de blogs
  • Criar uma central de relacionamento com respostas para as dúvidas mais comuns
  • Gravar e disponibilizar treinamentos on-line para clientes
  • Ter um chat em real-time para atender aos clientes

O importante aqui é saber que o seu site é como se fosse seu escritório virtual, por isso cada visitante deve ser tratado como se estivesse visitando a sua empresa.
5 – Gerar vendas

Seguindo as boas práticas do Inbound Marketing, depois de atrair, converter e relacionar, é chegada a hora da venda.

Caso a sua venda seja consultiva, o site é um apoio ao vendedor na hora de fechar negócio com o cliente. É fundamental que se tenha uma área com as soluções e os preços de seus produtos.

Para vendas self-service, um site de ecommerce ajudará a dar escala a seu negócio ao permitir que os clientes efetuem a compra on-line onde e quando estiverem mais confortáveis. A internet nunca fecha. Ou seja, com uma loja on-line, você não precisa se limitar ao horário comercial.

Sobre o autor

Adriano Vidoretto

Formado em Administração de Empresas pela FMU, Fotografia pelo Senac e Design Gráfico pela Escola Panamericana de Artes. Multidisciplinar e especialista em marketing digital, cria produtos e desenvolve serviços nas áreas digital e impressa. Tem paixão e dedicação pelo que faz, auxiliando na comunicação de pequenas e médias empresas.

Comentários

Deixe um comentário