Loading...

Artigos

Conceitos, tendências, idéias, um pouquinho de tudo que entra e sai da nossa caixola.

14 Set

O marketing de conteúdo veio para ficar?

14/09/17    
O marketing de conteúdo revolucionou o marketing digital, trazendo para as empresas a oportunidade de se relacionar melhor com o seu público atraindo Leads que procuram conteúdos que auxiliam e ajudam na solução dos seus problemas.
Mas quais conteúdos? São suficientes para gerar Leads?

Numa publicação recente da Content Marketing Digest, o “marketing de conteúdo” é visto como uma evolução do próprio marketing e podemos dividí-lo em três ondas: a primeira onda baseia-se nas palavras-chave inseridas no código do site para alcançar um melhor posicionamento nos buscadores, mas quando o Google percebeu isso e alterou o seu algorítimo passamos para a segunda onda, que é o marketing de conteúdo, que elevou o nível dos artigos publicados atraindo leitores que buscam um conteúdo menos superficial sobre um assunto específico. A partir daí, todas as empresas passaram a produzir conteúdos em seus blogs e a evolução do marketing de conteúdo aconteceu a terceira onda, que denominou-se como “jornalismo de marca”, o qual traz conteúdo de qualidade atrelado ao valor das marcas.

Os profissionais de marketing perceberam que textos mais profundos, mais longos e bem trabalhados tem melhor aceitação e engajamento do que textos de conteúdos superficiais e diretos do marketing tradicional – curto e direto (segunda onda). E neste ponto o jornalismo traz a bagagem e a experiência com textos escritos a um nível superior de qualidade que vem agregar valor à marca.

O marketing de conteúdo é visto como um “gerador” de Leads, SEO e construção de backlinks. Já o jornalismo de marca, mesmo com os mesmos objetivos, traz uma melhor contribuição para o reconhecimento da marca e no desejo de ser visto como uma autoridade no assunto. O objetivo do jornalismo de marca visa posicionar a empresa como uma autoridade num determinado assunto.

É comum vermos títulos incríveis que nos fisgam, mas quando consumimos os conteúdos nos desapontamos. Isso porque o marketing de conteúdo virou um negócio para as empresas: você cria um artigo para um blog ou e-book, faz um texto superficial, insere palavras-chaves no meio deles e seu Lead será atraído por tudo isso. Você se preocupa apenas com o resultado de conquistar e-mails, não se importando com a qualidade do conteúdo que gera, certo? Errado! Muitas empresas produzem conteúdo “caça-lead”. Tudo por um contato sem dar muita importância à sua marca.

O marketing de conteúdo não é uma moda passageira, ele veio para ficar. Para gerar conteúdos que promovam a solução de problemas e também a geração de Leads. Traz a oportunidade das empresas mostrarem que entendem do que fazem dentro do seu ramo de negócio, conhecendo e suprindo as necessidades dos seus clientes. É a oportunidade de investir em mídia paga, gastando menos para atrair clientes e promover vendas. O cliente torna-se um propagador da sua marca, aumentando assim a sua percepção no mercado.


Sobre o autor

Adriano Vidoretto

Formado em Administração de Empresas pela FMU, Fotografia pelo Senac e Design Gráfico pela Escola Panamericana de Artes. Multidisciplinar e especialista em marketing digital, cria produtos e desenvolve serviços nas áreas digital e impressa. Tem paixão e dedicação pelo que faz, auxiliando na comunicação de pequenas e médias empresas.

Comentários

Deixe um comentário